Como descobrir se está na altura de trocar a sua  almofada

Como descobrir se está na altura de trocar a sua almofada

Vantagens de escolher um Sommier Leitura Como descobrir se está na altura de trocar a sua almofada 4 minutos Próximo Cama ou Sommier, qual escolher?
O segredo de uma boa noite de sono é desfrutar de uma almofada que, em conjunto com o seu colchão, lhe assegure  a melhor experiência de sono.

Por isso é tão importante saber em que momento deve mudar de almofada! 

A função da sua almofada é proporcionar-lhe uma boa noite de sono, apoiando a sua cabeça, alinhando o seu pescoço com a sua coluna vertebral e proporcionando uma superfície macia e lisa para encostar o seu rosto.

Noites de sono descansadas com colchão e almofada certos

A durabilidade das almofadas depende, entre outros fatores, da qualidade dos materiais utilizados no seu fabrico. Geralmente, de acordo com especialistas, as almofadas devem ser substituídas após 24 meses de utilização.

As almofadas de espuma de memória tendem a durar mais tempo, em média, até três anos. Por norma, as almofadas de maior qualidade duram mais tempo do que as almofadas mais baratas.

Além disso, se estiver a usar uma almofada com cinco ou seis anos, é provável que não esteja a dormir tão confortavelmente como poderia. Se os meses acima identificados não lhe parecerem muito, pense novamente: a almofada é usada cerca de 7 a 8 horas por noite, o que corresponde a mais de 2.500 horas por ano! Tal como o seu colchão, a almofada é um investimento num sono de qualidade, que compensará a qualidade do seu descanso e da sua saúde ao longo dos próximos anos.

A par do colchão e da base da cama, a almofada desempenha também um papel fundamental para assegurar-lhe uma boa noite de sono.

Pelo que poderá estar a não rentabilizar o investimento que fez numa boa cama e num bom colchão devido a estes dois fatores: a almofada que usa não é a mais indicada para si ou a almofada é a correta, mas está bastante gasta.

Almofada e cama confortáveis para melhor descanso

Estas duas causas, quando combinadas, são uma receita para prejudicar o seu sono e causar-lhe dores no pescoço ou nas costas.

A almofada está em contacto mais direto com o corpo e, como tal, necessita de uma maior frequência de lavagem. Ao ser lavada com mais frequência, desgasta-se mais do que o colchão.

Por isso, e também para ser mais fácil ajustar o horário do sono depois das férias, é recomendável mudar de almofada com mais frequência do que se muda de colchão, evitando também a acumulação de fungos e ácaros, prejudiciais à saúde.

Conheça então alguns testes muito simples para descobrir se está na hora de comprar uma almofada nova. 

Comece por remover a fronha e examine a almofada. Tem manchas? Está rasgada? Cheira a mofo? Estes são sinais claros de uma almofada que precisa de ser substituída. 

É perceptível que o enchimento perdeu a sua forma original, então não há dúvida: está na altura de mudar de almofada. 

Almofada com espuma de memória

Uma vez passado o teste do olfato e da visão, faça o teste do vinco: É uma almofada de penas? Então coloque a almofada sobre uma mesa e dobre-a ao meio, deixando escapar o ar e depois solte-a para que volte à sua forma original. Se regressar à forma original, significa que o enchimento ainda fornece apoio suficiente e que a almofada não precisa de ser mudada. Se não regressar, então a almofada de penas perdeu o seu suporte e deve ser substituída por uma nova.

Se tiver uma almofada feita de poliéster, microfibra, espuma de memória ou látex, coloque a almofada sobre uma mesa, dobre-a ao meio e coloque um pequeno peso de cerca de 300 g (por exemplo, um livro ou algo semelhante em peso e tamanho) em cima. Se a almofada voltar à sua forma original, mesmo com o peso colocado por cima, então ainda fornece apoio suficiente, se não, está na hora de a substituir.

Outro método consiste em dobrar a almofada ao meio no nosso braço. Caso se dobre facilmente, significa que precisa de ser mudada imediatamente, se for difícil dobrá-la, então ainda a poderá usar por mais algum tempo. 

Dormir com a almofada ideal

CONCLUSÃO

Assegure que dorme melhor, noite após noite, tendo atenção a situações que são sinais que indicam que é o momento de mudar a sua almofada: sentir necessidade de mudar muitas vezes de posição durante a noite, ter dificuldade em respirar enquanto está deitado, acordar com sintomas de alergia ou ainda despertar com dores de cabeça e tensão na parte superior do corpo.